América do Norte

Com uma população de 953,6 milhões de pessoas (2012), o continente americano é o terceiro mais habitado, depois da Ásia e da África. Em virtude do processo de colonização de seus territórios, há uma grande variedade étnica, envolvendo os inúmeros povos nativos que habitavam em tempos pré-colombianos, grupos identitários europeus e as várias etnias africanas, advindas por meio do processo de escravidão colonial.
Em termos de divisão regional, há várias maneiras de classificar e agrupar os países americanos. As duas formas mais utilizadas obedecem à posição geográfica e às composições etnolinguísticas.

Na primeira divisão, esse continente é dividido em América do Norte, Central e do Sul. Isso porque, na verdade, ele é formado por duas grandes massas de terras unidas por um istmo (porção continental mais estreita). Essas massas continentais são as Américas do Norte e do Sul, enquanto a pequena porção de terras e ilhas compõem a América Central.

Na segunda divisão, há uma separação entre América Anglo-Saxônica e América Latina. Essa divisão, no entanto, não se circunscreve apenas em relação ao idioma e às etnias, pois, na América do Norte, há povos que falam idiomas derivados do latim, como o Francês e o Espanhol, enquanto na América Latina existem alguns países em que o inglês é uma das línguas oficiais adotadas. E isso sem falar nas centenas de idiomas de origem nativa, como o guarani, o amairá e muitos outros. O que se pode dizer com toda a certeza é que a América Anglo-Saxônica é composta por países desenvolvidos (Canadá e Estados Unidos) e a América Latina é composta por países subdesenvolvidos e emergentes (o México, toda a América Central e a América do Sul).
Composta por apenas três países, a América do Norte é tida como sonho de consumo por grande parte dos brasileiros. Quem nunca sentiu vontade de fazer algumas comprinhas nos Estados Unidos que atire a primeira pedra! Juntos, México, Estados Unidos e Canadá, formam um aglomerado interessante de países por possuirem características muito distintas entre si.

O bom da América do Norte é poder ter um pouquinho de tudo. Dá para curtir as praias de Cancún, as estações de esqui do Canadá, o visual do Grand Cânion, o charme de Quebec e São Francisco, as lojas e outlet s de Miami, os legados maias e astecas do México, e claro, a atmosfera inigualável de Nova York.

A recente facilidade de visto para alguns destinos norte-americanos e frequente promoção de passagens aéreas é um fator facilitador para conhecer esses países. Confira nossas dicas e arrume às malas rumo ao país dos mariachis, à terra de Tio San ou às amenas temperaturas canadenses - difícil será optar por apenas um dos destinos.



Canadá - Costa Oeste
Cancun, Riviera Maya, Acapulco e Cozumel
Costa Leste - Toronto, Montreal e Quebec
Costa Oeste
México Arqueológico
Icone Atendimento