Bolívia

guanacos

Situado em plenos Andes bolivianos, a cerca de 3800 metros de altitude, o Salar de Uyuni é um imenso deserto de sal puro com mais de 12 mil quilómetros quadrados, rodeado de belíssimas paisagens, desenhadas com o traço de desérticos planaltos, lagoas de cores inesperadas e picos de vulcões cobertos de neve.

– Salar de Uyuni
A 20 Km da cidade de Uyuni, é o maior da Terra, com uma área plana de 12 mil KM2, a 3.600m de altitude, recheada de puro sal. No inverno, de maio a novembro, pode-se rodar por mais de 100 Km em linha reta, deslizando em uma verdadeira mesa, plana, toda branca de sal.

– Hotel de Sal
Paredes, piso, teto, até as camas – todo o hotel foi construído com puros blocos de sal. Na entrada, uma pequena praia de areia branquinha que parece sal. E é mesmo. Mesinhas de sal com cadeirinhas de sal ali dispostas para relaxar. Chamado Hotel de Sal Playa Bianca, fica dentro do Salar de Uyuni a cerca de 30 minutos de Colchani, e tem cinco quartos básicos com banheiros compartilhados.

– Ilha del Pescado
Mais adiante, seguindo a oeste e quase no meio do Salar, encontra-se a Islã del Pescado, um ecossistema fechado onde nascem cactus gigantes e vivem pequenos animais. Você poderá fazer caminhadas pelas trilhas da ilha e curtir uma praia de mar de sal. Na época de chuvas, quando o salar pode ficar alagado, muitos tours não vêm até aqui, chegando somente até o Hotel de Sal.

A altitude condiciona o clima na Bolívia, que apresenta regiões com grandes amplitudes térmicas. É o caso do Salar de Uyuni, tórrido de dia (acima de 30º centígrados) e gélido à noite, com temperaturas frequentemente abaixo de zero.

A estação seca (Verão) é a mais quente, mas também, a mais favorável para realizar expedições na região. Nesses meses em que está seco e ensolarado, o contraste do branco salar com o azul celestial é fascinante – e óculos escuros é essencial.

Aos que viajam no período em que está alagado, a experiência pode ser ainda mais impressionante. No verão, de dezembro a abril, as águas escorrem pelos Andes e formam um imenso espelho d’água.

BRASILEIROS: Passaporte (validade mínima de 6 meses).

ESTRANGEIROS: é necessário RNE original e Passaporte. Importante verificar se o país de destino exige visto de seu país natal.

MENORES de 18 anos – autorização por autenticidade* de pai e mãe, com firma reconhecida em 3 vias (para menores viajando sem a presença do pai e da mãe, acompanhados por terceiros maiores e capazes). A mesma regra aplica quando acompanhados por apenas um dos pais, autorização por autenticidade* do genitor que não viajará.

* Firma reconhecida por autenticidade: significa que ambos os pais devem comparecer pessoalmente ao cartório para providenciarem o documento de autorização.
**O novo passaporte brasileiro (cor azul) não registra s filiação do viajante (não consta os nomes dos pais). Por isso, os menores de idade, viajando ou não acompanhados dos pais, além do passaporte válido, também deverão apresentar no check in, o RG ou Certidão de Nascimento original. Isso é necessário para confirmar a paternidade do menor.

Vacinas

– É obrigatória a apresentação do comprovante internacional de vacinação contra a Febre Amarela (tirada com no mínimo 10 dias antes do embarque).

– Devido a pandemia do Covid 19, é exigida a vacina para efeitos de viagens ao exterior. Consulte-nos para maior detalhamento das exigências.

Destaques

Argentina: De Buenos Aires à Patagônia

Buenos Aires, Ushuaia, El Calafate, El Chalten, Península Valdez, Mendoza e muito mais.. roteiros personalizados de acordo com perfil do viajante!

Jalapão Reveillon 2022

Conheça as águas do Jalapão, incríveis cachoeiras opte por um Reveillon diferente!

Carnaval Costa Rica – 2022

Experiência de Viagem à Costa Rica no Carnaval 2022, flora exuberante e natureza plena!

Serra do Cipó Light – Rios, Cachoeiras e Sítios Arqueológicos

Santuário de biodiversidade Serra do Cipó, localizada na Serra do Espinhaço a 100km de Belo Horizonte, vem com a gente!

Rota das Emoções – Lençóis Maranhenses, Delta e Jericoacoara

Impressionante viagem por uma das mais singulares regiões do globo, a Rota das Emoções – Jeri, Delta e Lençóis.

Traduções »