Maldivas

Agua azul mar

Localizadas no Oceano Índico em duas linhas de atóis, encontram-se as deslumbrantes Ilhas Maldivas. O país é formado por 1.190 ilhas de coral, que ficam em torno de 26 atóis naturais em forma de anel, distribuídos por 90.000 quilômetros quadrados. Cerca de 200 ilhas são habitadas, 90 ilhas são desenvolvidas como estâncias turísticas e as restantes são desabitadas ou utilizadas para agricultura e outros fins de subsistência.

As estruturas dos atóis são formadas por cume afiado saindo do oceano, abrindo caminho para sua singularidade isolada. Cada atol é feito de um recife de coral que rodeia uma lagoa, com canais profundos dividindo-se entre o anel de recife, formando várias ilhas. Cada ilha tem seu próprio recife que rodeia a lagoa da ilha. Essa estrutura única de recifes e canais resulta em uma grande diversidade de criaturas subaquáticas e corais vibrantes, protegidos do vento e da ação das ondas dos oceanos.

As Maldivas têm profundo mar azul, recifes de turquesa, praias de areia branca e palmeiras. Embora seja o lugar perfeito para se sentar em uma praia e assistir a um magnífico pôr do sol, também é um paraíso para mergulhadores.

– Atol Baa
O atol é abençoado com vários locais para mergulho. O atol Ball é composto de dois atóis: Goidhoo e Horsburgh. Uma atmosfera tranqüila, com águas cristalinas e mornas, ricos jardins de corais e peixes coloridos de Maaddoo Giri, Dhonfan Thila, Thila Horubadhoo e Baiypolhi umas das melhores opções de mergulho nas Maldivas. É visitado por mantas e tubarões, em grande número, especialmente durante os meses de maio, junho e julho.

– Atol Raa
Também conhecido como Maalhosmadulu Norte, o atol tem locais de mergulho com alta concentração de espécies marinhas e jardins de corais moles, e compreende mais de 90 ilhas, sendo 16 delas habitadas. Com inúmeros destinos de mergulho como Bathalaa Kandu, Bodu Veyofushi Giri, Thila Kakani, Thila Dhonisu, Thila Horubadhoo e muitos outros locais, o atol tem uma visibilidade média de 25 metros, e somente é acessado por navegações live-aboard. Possui diversas cavernas lindamente decoradas com delicados corais amarelos e laranjas.

– Aquário
Situado no Atol Male Norte, o Aquário está localizado à margem sul do Lohifushi. É conhecido pela barreira de coral a 18 metros que se estende até um banco de areia. O Aquário mantém e alimenta a vida aquática. É possível avistar tamboris, peixes cirurgião, moréias verdes, escorpião, tubarões cinzentos e tubarões brancos. Também é um dos lugares espetaculares para experimentar o mergulho noturno.

– Atol Dhaalu
O atol é composto por oito ilhas habitadas, duas belas estâncias e muitas ilhas desertas. Existem dois resorts no atol na extremidade nordeste. A característica mais importante do atol é a grande quantidade de tartarugas encontradas durante o mergulho em qualquer parte do atol. Também possui muitos naufrágios com uma imensa variedade de vida aquática.

– HP Reef
HP Reef é uma área marinha protegida localizada ao norte de Girifushi no Atol Male Norte. É um recife deslumbrante com espetaculares grutas e fendas adornadas com formações de corais e uma rica e colorida vida marinha, como barracudas, tubarões cinzentos e arraias.

– Atol Lhaviyani
Está localizado a 140 km de Male e tem inúmeros locais de mergulho exóticos. De suas 50 ilhas, apenas cinco são habitadas. O atol é perfeito para nadar com peixinhos coloridos e explorar o tesouro escondido do reino subaquático. Fushifaru Kandu, Fushifaru Firi, Olhukolhu Faru, Dhighdhoo Faru, Narcola Giri, Kuredu Ocean Reef, Aligau e Hinnavaru Kandu são alguns dos locais de mergulho no atol.

– Mayaa Thila
Mayaa Thila é um local de mergulho localizado no Atol Ari Nortel, 3 km a noroeste do Maayafushi Resort. Mayaa Thila tem uma visibilidade média de 20 metros e profundidade de 15 metros. Uma pedra em forma de pequeno satélite ao sul do Thila é um local ideal para mergulho noturno. Grutas, fendas e saliências estão cobertos com impressionantes formações de corais.

– Male Atoll
Porta de entrada das Maldivas, o atol é pontilhado com muitos locais de mergulho conhecidos mundialmente, como Lions Head, Wattaru Kandu, Banana Coral, O Aquário, Kuda Haa, luz e Thila Meeru Kandu. O mais famoso deles é o naufrágio Victory, onde a proa tornou-se o lar de grandes atuns.

– Naufrágio Victory
O naufrágio Victory fica a uma profundidade de 35 metros no lado oeste do Aeroporto da Ilha Hulhule. Em 13 de fevereiro de 1981, o navio de 110 metros de comprimento afundou no fundo azul do mar perto da ilha Hulhule. O navio de carga ainda tem seu mastro intacto e ereto. O naufrágio Victory foi incluído na área marinha protegida e agora é um lar de inúmeros peixes coloridos e flora.

– Coral Banana
Está localizado no lado sudeste do Atol Male Norte. O recife tem uma forma de banana se estende a 300 metros, com muitas cavernas, saliências e reentrâncias enfeitadas com corais moles e peixes coloridos. Possui correntes fortes.

– Atol Ari Norte
A zona norte do Atol Ari possui muitos pontos de mergulho com peixes de diferentes tamanhos, formas e cores brilhantes e formações de corais. Atrai muitos mergulhadores ávidos para experimentar o mergulho frio na água azul dos recifes. Os destroços Halaveli foram afundados pela escola de mergulho da Ilha Halaveli em 1991, para torná-lo um ponto de mergulho ainda mais atraente. Hoje os destroços Halaveli são o lar de grandes moréias, arraias e garoupas.

– Atol Ari Sul
A região sul do Atol Ari tem inúmeros locais de mergulho, com destaque para Kalhuhadhihuraa Faru, com suas características cavernas e saliências com corais ricos, invertebrados como o polvo, esponjas e peixes coloridos.

– Okabe Thila
É um dos pontos de mergulho de destaque localizado no interior do Canal Kalhi Bodu no Atol Male Norte. Com uma visibilidade média de 15 metros, é composto por duas partes: o recife principal de 200m de circunferência e Thila subindo cerca de 75 metros. O recife principal com uma profundidade média de 10 metros atrai arraias para os seus jardins de coral. Uma rocha submersa de coral desmembrado formam um cânion enfeitado com belos corais entre as duas partes.

– Rasdhoo – Canto Madivaru
Rasdhoo Madivaru oferece aos mergulhadores a oportunidade de ver tubarões, atuns, barracudas e peixes-napoleão. É uma das zonas de mergulho mais visitadas nas Maldivas.

– Atol Vaavu
O menor atol das Maldivas tem o formato de uma bota e é constituído por 19 ilhas bonitas, desenvolvidas em dois atóis naturais – o principal Vaavu Atoll e Vattaru com uma ilha intocada. Fotteyo é considerado um dos cinco melhores locais de mergulho no mundo. Para o lado oriental do atol Vaavu, os recifes são perfeitos para mergulho e snorkelling, com uma grande quantidade de tubarões-marte, tubarões cinzentos, atuns gigantes, arraias e muitos outros peixes.

– Fotteyo
Localizado no atol Vaavu, Fotteyo é um local de mergulho com variadas espécies de fauna e flora subaquática, em cavernas de 25 a 40 metros enfeitadas por delicados corais.

– Atol Faafu
Com um total de cerca de 23 ilhas, o atol tem 5 ilhas habitadas com um resort de praia. Nilandhoo é a capital da ilha do atol. O limite nordeste do atol oferece excelentes locais de mergulho, descobertos apenas recentemente.

– Atol Meemu
Com um total de 33 ilhas, apenas nove são habitadas. Recentemente inaugurada para o turismo, a capital Muli possui dois resorts com uma grande variedade de alojamentos de luxo, restaurantes finos e excelentes atividades recreativas.

– Atol Seenu
É o atol mais ao sul, com um total de 23 ilhas, sendo apenas seis delas habitadas. A capital Hithadhoo é a segunda cidade mais populosa após Male. O atol possui lindas lagoas de águas azul turquesa, recifes de corais com uma vida marinha abundante e muitas palmeiras em suas praias. O atol tem uma forma circular que forma uma lagoa brilhante, oferecendo cerca de 25 pontos de mergulho.

O clima nas Maldivas em geral é bem estável. A temperatura raramente muda, sendo a média anual de 30° C.

Existem duas estações distintas:
– estação seca (monção nordeste) – de janeiro a março.
– estação chuvosa (monção sudoeste) – de maio a novembro.

As tempestades são raras nas Maldivas, e quando acontecem (especialmente em torno dos meses de monção sudoeste) são freqüentemente seguidas de sol.

Documentação

BRASILEIROS: são aceitos somente Passaporte (validade mínima de 6 meses).

VISTO DE ENTRADA: Brasileiro necessita de visto; sendo que, para permanência de até 30 dias, poderá obtê-lo na chegada em Maldivas.

ESTRANGEIROS: é necessário RNE original e Passaporte. Importante verificar se o país de destino exige visto de seu país natal.

MENORES de 18 anos – autorização por autenticidade* de pai e mãe, com firma reconhecida em 3 vias (para menores viajando sem a presença do pai e da mãe, acompanhados por terceiros maiores e capazes). A mesma regra aplica quando acompanhados por apenas um dos pais, autorização por autenticidade* do genitor que não viajará.

* Firma reconhecida por autenticidade: significa que ambos os pais devem comparecer pessoalmente ao cartório para providenciarem o documento de autorização.
**O novo passaporte brasileiro (cor azul) não registra s filiação do viajante (não consta os nomes dos pais). Por isso, os menores de idade, viajando ou não acompanhados dos pais, além do passaporte válido, também deverão apresentar no check in, o RG ou Certidão de Nascimento original. Isso é necessário para confirmar a paternidade do menor.

Vacinas

– É obrigatória a apresentação do comprovante internacional de vacinação contra a Febre Amarela (tirada com no mínimo 10 dias antes do embarque).

  • Vacina Covid 19.

Destaques

Argentina: De Buenos Aires à Patagônia

Buenos Aires, Ushuaia, El Calafate, El Chalten, Península Valdez, Mendoza e muito mais.. roteiros personalizados de acordo com perfil do viajante!

Jalapão Reveillon 2022

Conheça as águas do Jalapão, incríveis cachoeiras opte por um Reveillon diferente!

Carnaval Costa Rica – 2022

Experiência de Viagem à Costa Rica no Carnaval 2022, flora exuberante e natureza plena!

Serra do Cipó Light – Rios, Cachoeiras e Sítios Arqueológicos

Santuário de biodiversidade Serra do Cipó, localizada na Serra do Espinhaço a 100km de Belo Horizonte, vem com a gente!

Rota das Emoções – Lençóis Maranhenses, Delta e Jericoacoara

Impressionante viagem por uma das mais singulares regiões do globo, a Rota das Emoções – Jeri, Delta e Lençóis.

Traduções »