Seychelles

Agua límpida do mar

Situadas no Trópico e banhadas pelo oceano Índico, as Seychelles formam um conjunto de 115 ilhas paradisíacas (somente 30 são habitadas), rodeadas por uma barreira de coral, que torna as suas águas quentes, transparentes e plenas de vida animal marinha.

Conhecidas como “Jardim de Éden”, pela sua enorme beleza, estas ilhas estão cobertas por florestas tropicais e contêm espécies de flora que não se encontram em nenhuma outra parte do planeta. Esta combinação de fatores naturais, aliada a um povo acolhedor, fazem das Seychelles um destino muito apreciado.

As ilhas são classificadas em três grupos principais:

A ilha no interior do Norte, juntamente com Amirantes Aldabra e acompanhado com a Southern Island posicionado na direção sul para leste.

A ilha interior, principalmente composto de 42 ilhas situado perto das Seychelles. A maioria das ilhas internas é feita de pedras de granito com distintos fechados dentro das fronteiras montanhosas.

No nordeste de Mahé, a popular Ilha Silhouette está posicionada, enquanto Praslin e Aride Island estão localizadas no Norte.

Outras grandes ilhas interiores são La Digue, Denis, Ilha Bird e Fregate.

Ao visitar as Seychelles você será tentado a mergulhar devido a sua bonitos corais. As águas cristalinas são perfeitas para o mergulho e as Seychelles tem dezenas de excelentes pontos de mergulho disponíveis. Existem quatro parques nacionais marinhos e habita cerca de 150 peixes tropicais. Os golfinhos são extremamente comuns em torno das ilhas.

– Mahe
É a maior das Seychelles e o seu centro político, econômico e cultural. Serve também de ponto de partida para quem pretende visitar outras ilhas do arquipélago. Em Mahé, a linha da costa é recortada por baías e praias de areia branca e fina, contrastando com costas altas que descem até ao mar. O cenário espetacular dos vales profundos, das gargantas estreitas e dos altos picos, domina o interior da ilha. Victoria, a sua capital, é das menores do mundo e também a única cidade no país. Podem ser visitados o Museu de Historia Natural, o Museu Nacional, Centro de Artesanato Codevar e os Jardins Botânicos, com a sua fantástica coleção de plantas tropicais endêmicas.

– Praslin
É a segunda maior ilha do arquipélago e está localizada a cerca de 3 horas de barco (ou 15 minutos de avião) a nordeste de Mahé. Existem apenas algumas pequenas aldeias espalhadas pela ilha. A Reserva da Natureza do Vallée de Mai (“Vale de Maio”) possui uma floresta virgem primitiva, classificada Patrimônio Mundial pela UNESCO. É o único lugar no mundo onde se encontra em estado selvagem, o famoso côco-do-mar, o maior fruto do mundo, e também uma grande quantidade de plantas e animais endêmicos, sendo o mais célebre o papagaio-negro, o “pássaro nacional” das Seychelles. Os recifes de coral que circundam a ilha são o habitat de mais de 900 espécies de peixes e de conchas de grande beleza. Outro produto desta ilha é um granito róseo muito especial, que foi usado em vários hotéis locais.

– La Digue
É quarta maior ilha do arquipélago das Seychelles. Em La Digue, as praias de areia fina são entrecortadas por blocos erráticos de granito, que conferem um encanto especial à ilha. É considerada a ilha mais tradicional e a que menos sofreu a alteração dos seus costumes. Até o crioulo falado localmente é diferente do das outras ilhas. O meio de locomoção mais comum é a bicicleta ou o carro de bois. A maioria dos visitantes aproveita a sua estada em Praslin para fazer uma visita de um dia a La Digue, pois o trajeto de ferry entre as duas ilhas dura apenas meia hora. Os barcos saem, diariamente, da Baie de Ste, Anne Jetty, em Praslin.

– Silhoette
Esta ilha fica a aproximadamente a 30 km de Mahé. É descrita como uma ilha mística. Conta a lenda que os piratas escondiam os seus tesouros nos montes desta ilha. Encontrando-se sob proteção oficial, a ilha foi preservada como um “museu vivo” da história natural destas ilhas.

– Curieuse
Esta ilha, situada a apenas 1.5 km da costa norte de Praslin, é uma reserva que se encontra sob a alçada do Centro para a Tecnologia Marítima das Seychelles. Não possui alojamento. De 1833 a 1865 foi habitada por leprosos. A casa do médico é hoje um centro interpretativo para os visitantes. A ilha tornou-se a base de um projeto de criação de tartarugas gigantes, que vagueiam calmamente pela ilha.

As ilhas podem ser visitadas durante o ano todo. O clima é tropical quente e chuvoso e as estações do ano são pouco marcantes.

A temperatura varia entre os 22ºC e os 27ºC, durante os meses de Julho e Agosto (os menos quentes do ano) e entre os 27ºC e os 32ºC, entre Março de Abril (os meses mais quentes). A estação das chuvas ocorre entre Dezembro e Fevereiro. Você pode também planejar sua viagem levando em conta as atividades que pretende praticar:

– Bird-watching: Abril (época de reprodução), Maio a Setembro (ninhos de andorinhas) e Outubro (migração)

– Mergulho: Março a Maio / Setembro a Novembro

– Pesca: Outubro a Abril

– Caminhadas e Trekking: Maio a Setembro

– Velejar: O ano todo

– Snorkelling: O ano todo

– Surf/Windsurf: Maio a Setembro

Documentação

BRASILEIROS: são aceitos somente Passaporte (validade mínima de 6 meses) com 2 páginas em branco lado a lado.

ESTRANGEIROS: é necessário RNE original e Passaporte. Importante verificar se o país de destino exige visto de seu país natal.

MENORES de 18 anos – autorização por autenticidade* de pai e mãe, com firma reconhecida em 3 vias (para menores viajando sem a presença do pai e da mãe, acompanhados por terceiros maiores e capazes). A mesma regra aplica quando acompanhados por apenas um dos pais, autorização por autenticidade* do genitor que não viajará.

* Firma reconhecida por autenticidade: significa que ambos os pais devem comparecer pessoalmente ao cartório para providenciarem o documento de autorização.
**O novo passaporte brasileiro (cor azul) não registra s filiação do viajante (não consta os nomes dos pais). Por isso, os menores de idade, viajando ou não acompanhados dos pais, além do passaporte válido, também deverão apresentar no check in, o RG ou Certidão de Nascimento original. Isso é necessário para confirmar a paternidade do menor.

Vacinas

– É obrigatória a apresentação do comprovante internacional de vacinação contra a Febre Amarela (tirada com no mínimo 10 dias antes do embarque).

  • Covid 19

Destaques

Argentina: De Buenos Aires à Patagônia

Buenos Aires, Ushuaia, El Calafate, El Chalten, Península Valdez, Mendoza e muito mais.. roteiros personalizados de acordo com perfil do viajante!

Jalapão Reveillon 2022

Conheça as águas do Jalapão, incríveis cachoeiras opte por um Reveillon diferente!

Carnaval Costa Rica – 2022

Experiência de Viagem à Costa Rica no Carnaval 2022, flora exuberante e natureza plena!

Serra do Cipó Light – Rios, Cachoeiras e Sítios Arqueológicos

Santuário de biodiversidade Serra do Cipó, localizada na Serra do Espinhaço a 100km de Belo Horizonte, vem com a gente!

Rota das Emoções – Lençóis Maranhenses, Delta e Jericoacoara

Impressionante viagem por uma das mais singulares regiões do globo, a Rota das Emoções – Jeri, Delta e Lençóis.

Traduções »